Dicas para edição de vídeo bruto (RAW) no PC

studio 2

Selecionei algumas dicas importantes para quem esta pensando em fazer edição de vídeo bruto no PC

1. Não use uma placa de som interna

Use uma placa como a Creative Labs Recon USB ou a Sound Blaster HD USB. Estas placas funcionam bem e oferecem um ótima qualidade de áudio. O Audio onboard da placa-mãe é instável.

Você pode até usar a saida ótica de áudio digital para um equipamento de nivel profissional A / V e direcionar para monitores de áudio de nível de qualidade de estúdio.

2. Não economize na memoria RAM

Memória é tão barato hoje em dia não vale a pena economizar, especialmente quando se trata de renderização. Opte por um mínimo de 16 GB.

3. Use varias unidades de disco rígido em  RAID

Edição de vídeo bruto é exigente com o desempenho do HD. Usar o RAID permite que você configure vários discos rígidos como uma unidade, e dividir a leitura / gravação dos dados de trabalho entre elas para melhor desempenho. Unidades externas E-SATA NAS estão disponíveis, mas comece usando todas as portas SATA disponíveis na placa-mãe e 3 discos rígidos padrão (tão grande quanto você pode encontrar) e um SSD. Eu recomendo usar o SSD para a unidade de inicialização principal, onde está instalado o sistema operacional. Isso não tem que ser grande, 120GB vai dar bem e  tem um preço muito mais acessível que uma unidade de 320 gb por exemplo. Isso aumenta a capacidade de resposta do computador e permite que você carregue aplicações mais rapidamente, assim como inicializar o sistema mais rápido.

Editar vídeo bruto a partir de um unico disco rígido interno não vai funcionar a menos que seja um SSD e estes são muito pequenos para a edição de mais do que o equivalente a uma hora de material bruto. A solução é comprar três discos rígidos de 3TB e configurá-los em uma “Striped RAID 0”.  O desempenho é 3x o de um único disco rígido e você pode usar o utilitário de teste de velocidade Blackmagic (grátis na internet ou com a câmera) para verificar isso. Basta estar ciente de que, se um disco rígido falhar, ele leva os outros com eles, então para usá-lo como uma unidade de trabalho , se possível mantenha um backup de suas imagens em outro lugar.

Certifique-se de cada partição da RAID é do mesmo tamanho, não misture , por exemplo, um disco de 2TB e um discos ou partição de 1.5TB, pois isso irá resultar em muitos gigabytes de espaço desperdiçado. O tamanho total da unidade RAID só pode ser um múltiplo da menor unidade.

Evite os HDs com RPM elevadas (7200), por razões de confiabilidade. Um cache grande faz a diferença nas unidades 5400 – procure por exemplo os Western Digital red series NAS , que têm caches de 64MB, em vez do habitual 8MB ou 16MB.

4. Compactar seus arquivos fontes após a edição estiver completa

Não é viável atualmente manter arquivos de centenas de horas de material bruto. Ele simplesmente ocupa muito espaço. Eu recomendo manter os benefícios de um fluxo de trabalho com video bruto, mas uma vez que o material é editado e finalizado é desejável em seguida, converter a matéria-prima para um dos seguintes formatos:

ProRes 422 a 2400 x 1350
H.264 80Mbit ALL-I em 2400 x 1350
CineForm-raw em 2400 x 1350

CineForm mantém os benefícios do bruto, mas em um formato mais compactado.

Esta não é uma solução perfeita e exclusão de arquivos mestres pode ser difícil de engolir, mas é simplesmente a única opção viável para a maioria dos usuários de Blackmagic Cinema.

5. Use o USB 3.0 com cautela

O sistema é exigente quando se trata de USB 3.0 e pode causar-lhe um monte de problemas de confiabilidade.

Alternativa para USB 3.0 usar E-SATA para unidades externas. No entanto o hardware USB 3.0 é muito mais barato e unidades externas USB 3.0 são mais comumente disponíveis.

6. Muito importante – obter a placa NVidia correta.

O componente de hardware mais importante para edição de video bruto de forma suave não é mais a CPU. É absolutamente essencial ter uma placa gráfica NVIDIA, e uma das top de linha. Nao quero dizer com isso que você tenha que comprar as caríssimas placas Quadro , longe disso, fique com as da serie GTX mesmo, , as últimas seis placas da série GTX usam CUDA. CUDA é um conjunto de instruções que permite que a força bruta da GPU possa ser usada como uma unidade de CPU programável por software, e não apenas em jogos 3D. As placas da série 5 como a GTX 570 e 580 trabalham soberbamente. Elas, no entanto requerem mais energia e tendem a ter ventiladores barulhentos. Você pode precisar atualizar a fonte de alimentação do seu PC, se você optar por essas poderosas placas da série 5. A maioria dos PCs tem uma fonte medíocre de 450 Watt PSU e, idealmente, você precisa de uma fonte de alta qualidade de 600 Watts PSU para a GTX 580. Não  comprar uma fonte apenas baseada na potência, é realmente a qualidade da fonte de alimentação que é importante também.

A GTX 580 é o dobro do preço da GTX 560 Ti, que é silenciosa e não requer uma fonte de alimentação poderosa. No entanto, você só pode usar os recursos mais basicos de render e não é à prova de muito futuro. É melhor optar pela GTX 580, 670 ou 680.

Com as placas GTX 670 e 680 você não vai ver um aumento muito grande de desempenho em relação a 580, mas tem uma redução no consumo de energia e ruído do ventilador. As placas de video têm diferentes quantidades de memória de vídeo de 1GB até 4GB. Você pode editar com Blackmagic Câmera Cinema bruto com 1,25 GB de RAM de vídeo,o ideal para trabalhar com Premiere e After Effects , ao mesmo tempo, exigirá 3GB. Se possivel use uma placa com 4Gb , ai você estará bem na fita.

Esse post foi publicado em dicas, Multimidia, tutorial. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s