Nostalgia x Modernidade: microcomputador Hotbit MSX x tablet Coby Kyros

Assista o video acima e conheça mais sobre a história do MSX. Video do prof. Pierluigi Piazzi.No video aparece o MSX Expert da Gradiente.

Muitos não deverão entender o titulo deste post mas eu vou explicar.

Quando eu comecei a minha relação com a informática usei um microcomputador pessoal chamado Hotbit MSX da Sharp.

Veja a descrição:

O padrão MSX é baseado no microprocessador Z-80A (Zilog) de 8 bits, com um clock de 3,58Mhz. O microprocessador era capaz de operar a até 4MHz, mas, provavelmente por questão de economia, os fabricantes preferiram usar um cristal comum de TV em cores. Havia também um processador para vídeo (Texas Instruments TMS9918) e outro para o áudio (General Instruments AY-3-8910). Outro chip, denominado PPI (Intel 8255A (Programmable Pheripheral Interface), controlava os periféricos de entrada e saída, como o teclado e o gravador cassete. A memória de vídeo, de 16KB, era independente da memória principal, e endereçada diretamente pelo processador de vídeo.
Concorrentes como o ZX Spectrum, embora usassem o mesmo Z-80A a 3,58MHz, eram muito mais lentos, porque todas as tarefas internas (vídeo, áudio, varredura de teclado, endereçamento das memórias de vídeo, som, etc.) eram executadas pelo processador principal.

A primeira geração do MSX dispunha de 64KB de RAM. Nas especificações técnicas do Gradiente Expert XP-800, era declarada uma RAM de 80KB, pois o fabricante somou a memória de vídeo à principal. O sistema possuía ainda na ROM um interpretador BASIC(criado pela Microsoft) que não necessitava de mídias externas para carregar, bastando ligar o computador.
Seus usuários freqüentemente tornaram-se apaixonados pela linha e continuaram desenvolvendo programas mesmo depois que o micro saiu de linha em meados dos anos 90. No final dos anos 1980 e início da década de 1990 havia, tanto no Brasil como no exterior, várias revistas voltadas para o público de usuários de MSX, e uma comunidade formou-se em torno dessa linha de computadores. Parte dela continua ativa até os dias de hoje, espalhada em vários países.

fonte: Wikipedia

Semana passada comprei um “tablet” da marca Coby chamado Kyros por R$400,00.

Não sei quanto custou na época o meu MSX mas se atualizarmos aos valores atuais creio que poderia chegar em 2 mil reais.

Agora veja a descrição do Kyros:

Ele é um tablet bonito e elegante, oferecendo até uma capinha de couro para proteger o dispositivo (e não é todo fabricante que faz isso). Ele conta com o tradicional botão central, que um certo tablet famoso traz, além de botões laterais de Home e Menu, necessários para o manejo do Android 2.1 que gerencia o aparelho. Todos os slots, conectores e botão de liga/desliga estão na parte inferior do produto, todos bem localizados, e com uma distribuição organizada, para facilitar a vida do usuário.

Destaco aqui que o Coby Kyros possui slots e conectores que outros tablets não oferecem, como entrada USB, leitor de cartões microSD e saída HDMI. Ou seja, você pode salvar os seus vídeos em cartão ou pendrive e rodar no tablet. Ou, até mesmo, conectar o tablet na TV para que os vídeos sejam exibidos em uma tela maior.

CPU Type ARM1176™
CPU Speed 800 MHz
Memory
Memory Included 4GB
Memory Type Flash
Memory Max Built-in 4GB/Expandable up to 32GB
Display
Display Size 7.0
Display Type Resistive Touch
Display Resolution 800 x 480
Networking
WLAN Type IEEE 802.11 b/g

então vamos comparar :

MSX                                      x                                       Kyros

processador                  3.58 MHz                                800 Mhz

cores                                      16                                         >4000  (mais de 1 milhao em HDMI)

RAM                                     64Kb                                     256 MB

memoria extendida         128 kb                            4 gigas ou 32 gigas (cartao microSD).

somente estas caracteristicas acima já dá pra ter uma idéia da distancia que existe entre os dois equipamentos.

Eu sou um dos que até hoje lembra com saudades do MSX mas isto me faz pensar como rapidamente a tecnologia está evoluindo, de tal forma, que as vezes não nos damos conta, até compararmos com algum equipamento do passado.

O mesmo acontece com a TV, hoje temos as tvs de altissima definicão e ainda com opção 3d.

Alguns aqui talvez possam se lembrar daquelas ridiculas tvs em preto e branco onde colocava-se um plastico colorido na frente da tela para simular uma tv em cores..

acho que estou ficando velho..

Anúncios
Esse post foi publicado em editorial, Multimidia, Tecnologia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s