Análise : Adobe CS5 versus Final Cut .. quem leva vantagem?

Vamos começar com o preço. Você pode comprar CS5 Production Premium por $ 1.599 e Final Cut Studio 3 por 949 dólares.

Mas você irá precisar de um editor de imagem. O candidato mais provável é Photoshop CS5, que custa cerca de US $ 700. Acrescentar aos $ 949, e você está em $ 1.649, que está perto o suficiente do custo do pacote do CS5, então vamos considerar um empate.

O pacote do CS 5 já vem com o Photoshop…

Agora vamos olhar para os componentes do pacote. Vamos considerar um empate em termos de funcionalidade e usabilidade. Se você é um novato, você vai gostar do Motion (FCS), muito mais do que o enigmático After Effects (CS5), embora o After Effects é claramente a ferramenta profissional que você deve aspirar a dominar.

Temos ainda o Soundbooth (CS5) e Soundtrack Pro (FCS), mesmo, embora as ferramentas de remoção de ruído no Soundbooth são extraordinários.

Com FCS você tem o módulo Color, uma ferramenta de ajuste de cor, que é um exagero para a maioria dos iniciantes e para muitos usuários intermediários também. Com CS5 Production Premium você tem o Illustrator, que é altamente funcional, mas não essencial para a maioria dos produtores de vídeo. Tem também o Flash, apesar de o Flash Catalyst, uma versão mais fácil de usar do Flash, é um complemento muito útil.

O DVD Studio Pro (FCS) tem a funcionalidade de criação de DVD muito mais avançada (scripting, quizzes, e outros) que o Encore (CS5).

Mas é mais difícil de aprender e não oferece Blu-ray ou a saída bacana de flash do Encore. No geral, a Adobe possui uma ligeira vantagem do ponto de vista do produto puro. Agora vamos passar à arquitetura e integração.

A maioria dos componentes críticos da CS5 são aplicações nativas de 64 bits, incluindo o Premiere Pro, After Effects, Photoshop e Adobe Media Encoder.

Nenhum dos aplicativos do Final Cut Studio são de 64 bits. Como sabem, a operação de 64 bits significa maior acesso à memória, que geralmente se traduz em uma operação mais eficiente e mais estável. Tem a aceleração GPU através de nova Mercury Engine do CS5 , e você tem uma vantagem clara, da Adobe.

Em termos de integração intersuite, a Adobe também é superior, começando com editor de fluxo de trabalho para encoder. No CS5, você pode enviar um projeto para o Adobe Media Encoder e retornar imediatamente para a edição no Premiere Pro.

Quando você compartilhar um arquivo em Final Cut Pro, você também pode retornar imediatamente para a edição, mas você não pode codificar usando Qmaster, o que o torna um compressor mais eficiente em computadores multicore.

Você ainda pode exportar referências para um QuickTime Movie e importar esse arquivo para o compressor no Qmaster.

Mas, dependendo dos tipos de efeitos que você aplicou no Final Cut, pode demorar mais, e o tamanho do arquivo intermediário pode ser significativo.

Nenhum desses problemas existe no CS5.

Quando a produção de DVDs, você pode exportar sequências do Premiere Pro para o Encore e composições do After Effects, sem processamento, o que significa que nenhuma renderização é feita até que você esteja pronto para gravar o DVD.

Você pode exportar referências QuickTime do Final Cut Pro e importá-los para DVD Studio Pro, com o tempo e o tamanho do arquivo discutido na questão anterior. Você também não tem edição de ida e volta com referências QuickTime, se você precisa atualizar o seu projeto de vídeo

em Final Cut Pro, você tem que re-renderizar e re-importar. Com o Encore e Premiere Pro / After Effects, basta fazer a alteração no Premiere Pro / After Effects e salvar o projeto, e direcionar ao Encore, vantagem da Adobe.

E com respeito ao ProRes usado pelo Final Cut em vídeos em alta definição? Antes do CS5 edição de conteúdo H.264 baseado no Premiere Pro, seja vindo em formato AVCHD ou importado de uma Canon EOS 7D, era extremamente doloroso. Muitos costumavam ingerir as filmagens em Final Cut Pro e usar os arquivos resultantes em hd no Premiere Pro para aumentar a velocidade de operação.

Embora adição de conteúdo HD com produtos da Apple usando ProRes ainda serem imbatíveis, não é mais essencial para o filme baseado em H.264 no CS5 por causa da operação de 64 bits e aceleração GPU e porque a Adobe está usando um codec H.264 muito mais eficiente (MainConcept). A vantagem vai para a Apple por causa do ProRes, mas apenas por um fio de cabelo.

Se você tem aspirações de trabalhar em produtoras de nível de Hollywood, o Final Cut Pro tem uma quota de mercado muito maior do que o Adobe Premiere Pro na comunidade e nas faculdades. Isso pode estar mudando a partir do momento em que são divulgadas informações que alguns trechos do filme Avatar (isso mesmo!) foram editados no Premiere Pro, você acredita!?. Por outro lado, o suporte multiplataforma da Adobe é muito útil para os produtores com estações de trabalho Mac e Windows em suítes de edição.

Olhando para o futuro, onde CS5 compreende cerca de 50% da receita da Adobe, FCS é um pedaço desconhecido de 7% de “Apple Software, Serviços e Outras receitas”. Logicamente, você diria que a Adobe vai investir mais no sucesso da sua plataforma de edição. Isto estamos vendo por parte da Adobe, tanto tecnologicamente e de uma perspectiva de marketing ao longo dos últimos anos. Ninguém pode discordar que, se ambas as plataformas seguirem a trajetória atual, a plataforma CS da Adobe vai emergir como líder, provavelmente, mais cedo ou mais tarde.

Então qual é a conclusão? Globalmente, a Adobe tem uma ligeira vantagem funcional e uma vantagem clara da tecnologia. Adobe também tem mostrado-se claramente muito mais comprometida com a sua plataforma de edição que a Apple com as últimas duas versões do Final Cut. Vale a pena notar que CS5 é uma versão que está chegando no mercado agora e que suite atual da Apple já tem 1 ano de idade, e que a equipe de engenharia do Final Cut está bem no ciclo de desenvolvimento de uma versão ainda a ser lançada. Steve Jobs afirmou que a próxima versão do Final Cut Pro será “fantástica”. É melhor que seja.

Anúncios
Esse post foi publicado em dicas, Multimidia, tutorial. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s